Enade 2020 - Enem Digital

Enade 2020

O que é o Enade?

O Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) é uma prova criada pelo Governo Federal brasileiro e aplicada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que tem por objetivo avaliar o rendimento dos alunos que estão no final de sua graduação. A avaliação é realizada com base nos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos, o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias ao aprofundamento da formação geral e profissional, e o nível de atualização dos estudantes com relação à realidade brasileira e mundial.

Formado pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), Avaliação de cursos de graduação e pela Avaliação institucional, o Enade tem como finalidade compreender a qualidades que cada curso e instituição de ensino superior possui. A nota obtida no Enade, irá servir como Indicador de Qualidade da Educação Superior.

Por se tratar de uma avaliação para medir a qualidade das graduações oferecidas pelas faculdades, a realização da prova do Enade conforme disposição do art. 5º, § 5º, da Lei nº. 10.861/2004, é considerada obrigatória para os estudantes que estão matriculados em cursos de bacharelado e superiores de tecnologia vinculados às áreas de avaliação da edição do Exame. Em 2019, mais de 390 mil universitários fizeram a avaliação em 24 de novembro e a taxa de abstenção foi de 10%.

Quais instrumentos básicos da avaliação do Enade

Segundo o portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o Enade possui os seguintes instrumentos de avaliação.

  • Prova;
  • Questionário do Estudante: destinado a levantar informações que permitam caracterizar o perfil dos estudantes e o contexto de seus processos formativos, relevantes para a compreensão dos resultados dos estudantes no Enade;
  • Questionário de Percepção de Prova: destinado a levantar informações que permitam aferir a percepção dos estudantes em relação à prova, auxiliando, também, na compreensão dos resultados dos estudantes no Enade;
  • Questionário do Coordenador de Curso: destinado a levantar informações que permitam caracterizar o perfil do coordenador de curso e o contexto dos processos formativos, auxiliando, também, na compreensão dos resultados dos estudantes no Enade.

Quais cursos serão avaliados pelo Enade em 2020

Na edição deste ano do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), a prova irá avaliar o desempenho de 30 cursos de formação, referente ao de licenciatura, bacharel e tecnólogo. Abaixo você confere quais serão os cursos a serem avaliados.

Licenciatura

  • Artes Visuais
  • Ciência da Computação
  • Ciências Biológicas
  • Ciências Sociais
  • Educação Física
  • Filosofia
  • Física
  • Geografia
  • História
  • Letras – Inglês
  • Letras – Português
  • Letras – Português e Espanhol
  • Letras – Português e Inglês
  • Matemática
  • Música
  • Pedagogia
  • Química

Bacharel

  • Ciência da Computação
  • Ciências Biológicas
  • Ciências Sociais
  • Design
  • Educação Física
  • Filosofia
  • Geografia
  • História
  • Química
  • Sistemas de Informação

Tecnológico

  • Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  • Tecnologia em Gestão da Tecnologia da Informação
  • Tecnologia em Redes de Computadores

Como fica a situação do estudante que está matriculado em dois cursos?

De acordo com o site do Enade, o estudante que possui dupla graduação, ou seja, considerado concluinte habilitado em mais de um curso que será avaliado no Enade, deverá, no momento do Cadastro, escolher o curso pelo qual realizará o Exame. Deste modo, o Questionário do Estudante deve ser preenchido em relação ao curso escolhido para receber a prova conforme escolha feita.

Como é feita inscrição no Enade?

Diferente do Enem e alguns programas do governo, no Enade, o estudante não é o responsável por realizar a sua inscrição no Exame. A inscrição deve ser feita pelos coordenadores de curso das instituições de nível superior através do Sistema Enade conforme estabelecido na lei § 6º do art. 5º da Lei 10.861/2004 e especificados no art. 74º da Portaria nº 828, de 16 de abril de 2019, e no Edital nº 43, de 4 de junho de 2019, que estabelecem as regras do Exame no ano de 2019. 

Estudantes que não fizeram o Enade dos anos anteriores, podem regularizar sua situação no Enade 2020?

Podem sim, conforme especificado no portal do Exame, estudantes irregulares perante o Enade de anos anteriores a 2018, por ausência na prova e/ou ausência de preenchimento do Questionário do Estudante (QE), estão tendo sua situação regularizada, por ato do Inep.

Quais os procedimentos preparatórios para a inscrição que as faculdades devem tomar?

O processo de inscrição das instituições do Enade requer o atendimento de alguns critérios, como: a atualização cadastral dos cursos de graduação junto ao Sistema e-MEC, o enquadramento dos cursos e o processamento das inscrições dos estudantes ingressantes e dos estudantes concluintes.  Para maiores informações, as orientações poderão ser encontradas na Portaria nº 828, de 16 de abril de 2019, e no Edital nº 43, de 4 de junho de 2019, e nas instruções a serem divulgadas pelo Inep, por meio do portal do Inep e do Sistema Enade.

Quem aplica a prova do Enade?

A prova do Enade normalmente é aplicada pela própria instituição ou consórcio de instituições contratadas pelo Inep, que tenha comprovado capacidade técnica em avaliação e aplicação, segundo o modelo proposto para o Exame, e que atenda aos requisitos estabelecidos no projeto básico do Enade.

Como é estruturada a prova do Enade?

A avaliação do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) é composta de 40 questões, sendo 10 questões da parte de formação geral e 30 da parte de formação específica da área, ambas contendo questões discursivas e de múltipla escolha que são especificadas da seguinte forma:

  • Componente de Formação Geral: 10 (dez) questões, sendo 02 (duas) discursivas e 8 (oito) de múltipla escolha, envolvendo situações-problema e estudos de casos;
  • Componente específico de cada área de avaliação: 30 (trinta) questões, sendo 3 (três) discursivas e 27 (vinte e sete) de múltipla escolha, envolvendo situações-problema e estudos de casos.

De acordo com o Inep, a prova de Formação Geral tem a concepção dos seus itens definidos pelos princípios dos Direitos Humanos, e as questões discursivas avaliam aspectos como clareza, coerência, coesão, estratégias argumentativas, utilização de vocabulário adequado e correção gramatical do textoPara mais informações sobre o Enade, basta clicar aqui.