Melhorando sua redação do ENEM - Enem Digital

Melhorando sua redação do ENEM

COMO MANDAR BEM NA REDAÇÃO DO ENEM

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é uma prova de extrema importância para inúmeros estudantes espalhados pelo o Brasil, tendo em vista a  avaliação oferecer diversas possibilidades de ingressar em universidades públicas e faculdades privadas por meio de alguns programas do governo, tais como: ProUni, Sisu e Fies.

O Exame é composto por 180 questões de múltipla escolha oferecido pelo Ministério da Educação (MEC) em conjunto com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

É natural, que quando o período de inscrição e realização da prova se aproxima, muitos candidatos passam a ficar ansiosos e preocupados não só com as questões da prova, mas também com a elaboração do texto no exame.

Considerada uma das partes mais importantes da avaliação, a redação do Enem é um texto dissertativo-argumentativo que com base no tema proposto pela banca, o candidato deverá estruturar suas ideias com argumentos consistentes, coesos e coerentes, além de elaborar uma proposta de intervenção criativa e viável para o problema apresentado no tema.

As redações da avaliação do ENEM são corrigidas levando em consideração cinco competências, sendo elas:

    • Competência 1: Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa
    • Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa;
    • Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista;
  • Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação;
  • Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado que respeite os direitos humanos.

Como é atribuído os pontos da nota do ENEM

A nota da redação será o total dos pontos atribuídos por cada professor nos critérios citados acima. Caso haja uma diferença de 100 pontos no final da avaliação dos dois professores ou uma diferença de 80 pontos nas notas atribuídas em uma das competências.

A redação deverá ser corrigida novamente por um terceiro avaliador. Se a divergência de notas permanecer depois da terceira avaliação, a redação será corrigida por uma banca com três professores que dará a nota final.  Bateu aquele friozinho na barriga? Fica tranquilo, migo.

Neste conteúdo, você irá encontrar dicas incríveis para arrasar na redação do Enem e tirar a tão almejada nota 1000. Confira!

Como organizar o material do Enem

Para tudo o que vamos fazer, deve-se se existir um bom planejamento prévio. Sendo assim, tenha em mente que você deve estar preparado para todo o tipo de eventualidade possível, afinal, serão 5h30 para responder 80 questões e escrever a redação.

Bastante tempo né? Desta forma, certifique-se de que você tenha tudo o que precisa para se manter nessa batalha. Isso significa, que antes de ir a luta, é crucial que o candidato prepare seu equipamento e garanta que não vá deixar nada para trás.

Portanto, não se deixe levar pelo nervosismo e fique ligado em qual o tipo de material é permitido levar no dia da prova.

  • Caneta esferográfica preta fabricada em material transparente;
  • Documento oficial de identificação, original e com foto;
  • Cartão de confirmação de inscrição;
  • Declaração de Comparecimento impresso (caso precise do documento).

Lembre-se! Ter uma, duas, três ou 20 canetas reservas nunca é demais.

E se for preciso levar uma fábrica de doces para se manter alerta, não se acanhe, siga seus instintos e arrase na prova.

Fique calmo na hora de escrever a sua redação do ENEM

Escrever uma redação em casa é muito diferente de redigir um texto na hora da prova. Isso porque em casa, nos sentimos seguros, confiantes e o melhor de tudo, muitas vezes estamos no conforto de nossa cama, o que pode fazer a criatividade fluir de forma imperceptível.

Já na hora do vamos ver, produzir uma redação em uma sala apertada, lotada de gente e abafada, pode parecer algo impossível. Que nada!

O impossível é apenas uma questão de opinião. Desta forma, manter a calma, esquecer as pessoas ao redor e focar no que você estudou e se dedicou o ano todo, é um dos segredos para fazer se fazer uma boa redação.

Então não deixe que as adversidades do Exame tire sua concentração ou faça o seu sangue ferver de tensão.

O primeiro passo para o sucesso é acreditar em si mesmo e dar 100% em tudo o que for fazer. Qualquer um é capaz de produzir uma redação nota mil, basta querer.

Planejamento no dia da prova de redação

No dia da prova de redação, é muito importante que o estudante saiba administrar o seu tempo para responder às questões, escrever o texto e marcar o cartão de respostas.

Contudo, antes de fazer a sua redação, que tal expor todas as suas ideias em um rascunho? Nele o aluno poderá rasurar, riscar, fazer mapa mental o que for preciso para facilitar a escrita na hora de escrever o texto final.

A partir do rascunho, será possível ter uma visão mais clara sobre o que falar do tema proposto pela banca e averiguar o que pode ser melhorado ou dispensado.

Muitos candidatos costumam ignorar o rascunho e ir direto para o texto final. Não faça isto de forma alguma, a não ser que não tenha sobrado tempo suficiente para fazer o rascunho e a redação definitiva.

Por isso, é muito importante que o estudante tenha mente o tempo necessário que precisa para redigir um bom texto. Vale ressaltar, que o rascunho pode ser um grande diferencial entre uma redação nota mil e um texto amador.

Será que dar tempo de fazer o esboço da redação e ainda passar a limpo? Sem sombra de dúvidas. Para facilitar a organização do tempo, antes do dia do exame, treine em casa no mesmo modelo do Enem, se possível monte um cronograma.

O ideal, é reservar pelo menos 1h30 para fazer o rascunho e passar o texto a limpo.

Tema surpresa na redação do Enem

Como já mencionado anteriormente, o candidato deve estar preparado para tudo, até mesmo para um tema de redação bem inusitado. Geralmente, os temas propostos pelo Enem estão ligados a situações da atualidade. No entanto, não se apegue tanto a esta questão. Em 2012, poucos ou quase nenhum estudante esperava que o tema da redação seria sobre imigração, ou sobre publicidade infantil em 2014.

O que quero dizer, é que muitas vezes a proposta de redação pode ser uma grande surpresa e o aluno não se deve deixar abater por isso. Apesar das possíveis previsões de temas para o Exame, é muito difícil prever com exatidão qual cairá na prova.

Deste modo, ao descobrir o tema na hora da prova, não se lamente por não ser sobre o que você estava esperando. Em vez disso, tente se lembrar de tudo o que puder sobre o assunto.

Caso não venha nada a mente, busque relacionar o tema com algum fato do seu cotidiano. O texto é argumentativo, portanto, você precisará dar a sua opinião.

O tema pode ter sido diferente do esperado, mas isso não importa. O que realmente interessa é que você estudou e se dedicou o ano todo para esse momento. Então não deixe que eles te intimidem e confie no escritor sensacional que existe dentro de você.

Não deixe o nervosismo tomar conta

É normal que ao descobrir o tema de redação do Enem, o candidato dê aquela analisada na sala para saber como a concorrência está reagindo a situação.

Ao ver que a maioria já está dando andamento na redação, é comum se desesperar e começar a surgir pensamentos como: E agora? Não sei nada! Estou ficando para trás.

Ao se deparar com esta situação, não se desespere e muito menos se torne refém de seus pensamentos, muitas das vezes eles podem ser traiçoeiros.

É super natural que alguns alunos saiam na frente, isso porque provavelmente manteve a calma e conseguiu organizar as suas ideias.

Lembre-se, que nem todo mundo segue uma mesma estratégia, pensa igual ou evoluiu no mesmo ritmo. Cada ser humano é único e por ser único cada um tem a sua maneira de fazer as coisas.

Sendo assim, não se dê motivos para se estressar. Esqueça o mundo ao redor e concentre-se em você e no seu texto. Considere a prova do Enem como um teste de autocontrole e foque somente no essencial: a nota mil na redação.

Principais erros na redação do Enem

Desde o início do ano, os estudantes já começam a se preparar para o Enem.

E aqueles que vão realizar prova, sabem o quão importante é se sair bem na redação do Exame. Afinal de contas, o texto dissertativo-argumentativo equivale a 20% da pontuação total da avaliação.

Desta forma, conhecer bem os principais erros cometidos no texto do Enem, a fim de evitá-los, já é um ótimo começo para se alcançar a nota máxima da prova. Pensando nisso, separamos aqui alguns erros comuns realizados pelos candidatos na hora de  fazer a redação.

Erros ortográficos comuns na redação do  ENEM: Grafia

Apesar de erros ortográficos serem bastante comuns, até mesmo entre professores, isso não significa que a banca avaliadora do Enem irá deixar eles passarem. Isso porque, este tipo de erro mostrar que o candidato não domina ou não tem conhecimento da norma culta da língua portuguesa, o que leva aos avaliadores a tirar alguns pontos do texto por causa disso.

Segundo a professora de português Flávia Neves, em publicação no site Dicionário on-line, os erros ortográficos ocorrem, principalmente, porque não existe uma correspondência direta entre todos os grafemas e fonemas da língua portuguesa, ou seja, entre todas as letras e os sons que elas podem representar.

Um som pode ser representado por várias letras e uma letra pode representar diferentes sons.

Erros ortográficos comuns na redação do  ENEM: Mau uso da vírgula

O uso da vírgula pode ser um grande pesadelo para muitos estudantes que irão realizar o Enem.

Já que as regras para o emprego dessa pontuação são muitas e raramente é possível se recordar de todas elas.

Como todos sabem, a vírgula é crucial para marcar pausas pequenas na leitura, dar ênfase em termos e expressões e evitar ambiguidade no texto.

Apesar de ser uma pontuação pequena, a banca do Exame as vêem como se fossem tanques de guerra, uma vez que, o seu uso é fundamental para a construção da coerência e coesão do texto.

O mau uso da vírgula, pode mudar de diversas formas o sentido de uma oração. Então imagina escrever algo e sair completamente diferente daquilo que você imaginou? Não é legal né?!

Erros ortográficos comuns na redação do  ENEM: Ausência de conectivos

Os conectivos são palavras ou expressões que ligam frases e orações. Mas, mais do que isso, eles são fundamentais para garantir a coesão textual. Tendo em vista serem usados para auxiliar a conexão entre ideias e articulação das orações e parágrafos.

Ou seja, eles serão os responsáveis por garantir o sentido do seu texto como um todo, fazendo com que a compreensão da ideia seja adquirida de forma clara e objetiva.

No entanto, apesar da importância, alguns alunos deixam de utilizá-los e acabam sendo penalizados na correção da redação do Enem.

Erros ortográficos comuns na redação do  ENEM: Acentuação

Um dos erros mais cometidos no Enem na hora de redigir o texto, é referente a acentuação. Geralmente, os alunos pecam muito nesse quesito, já que as regras de utilização são muitas e normalmente costumam levantar algumas dúvidas, principalmente com o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. A acentuação é extremamente importante para auxiliar a representação escrita da linguagem, ou seja, tem como finalidade distinguir, na escrita, palavras de grafia idêntica, mas de tonicidade diferente.

Então vamos ficar atentos, nenhum professor da banca irá gostar ler um texto sem as devidas acentuações nas palavras.

Erros ortográficos comuns na redação do  ENEM: Argumentação

Muitos candidatos acabam zerando ou perdendo pontos na redação, por falta de argumentos consistentes e coesos. Sendo assim, ao escrever a redação, crie argumentos que provoquem reflexão sobre o tema proposto e que não deixem aberturas para questionamentos sobre o seu ponto de vista.

Por isso, fundamente o seu pensamento em dados, fatos, citações ou base teóricas, assim terá maior credibilidade no que deseja informar.

Saber passar as suas ideias corretamente para o papel, pode ser um grande diferencial na hora da correção da redação.

Erros ortográficos comuns na redação do  ENEM: Repetição de palavras

Com o nervosismo e a ansiedade a flor da pele, é natural que no decorrer do texto algumas palavras se repitam consecutivamente. Isso porque, muita das vezes os alunos na hora de escrever a redação, não realizam uma leitura crítica do próprio trabalho.

Este tipo de erro pode ser bem ruim para coesão textual e passar a impressão de que o candidato possui um vocabulário limitado e pouco sofisticado, diminuindo assim, a sua pontuação final da redação.

Erros na elaboração de argumentos na redação do  ENEM

Além de problematizar o tema de redação proposto pela banca do Enem, o candidato deverá elaborar uma proposta de intervenção para os problemas abordados durante o texto. E é aí que os alunos pecam.

Normalmente, uns dos principais erros apontados nesta fase da redação, é a inexistência de meios para realizar a solução do problema ou o desrespeito aos Direitos Humanos.

Deste modo, é simples concluir que se a proposta de intervenção não possuir uma forma de ser colocada em prática ou de algum modo a solução vá contra os Direitos Humanos, esta automaticamente será considerada incompleta e certamente trará consequências ruins para a nota final da redação.

Evite fuga ao tema e plágio na redação do ENEM

Antes de partir para a ação, o Enem oferece diversos textos motivadores para que os candidatos tenham noção do que se trata o tema e assim obter algumas ideias do que escrever na redação.

No entanto, muitos estudantes, mesmo com os texto de motivação, estes ainda acabam fugindo do tema ou muita das vezes cometendo plágio.

Esses são erros gravíssimos! Afinal, plágio é crime e escrever um texto totalmente diferente do que o tema propõe, resultará de forma imediata a desclassificação da redação, ou seja, nota zero.