Saiba o passo a passo para pedir isenção de taxa no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) - Enem Digital

Saiba o passo a passo para pedir isenção de taxa no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

Descubra os critérios para solicitar a liberação do pagamento da taxa de inscrição do Enem 2020

 

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma das poucas avaliações que contém uma taxa tão alta de candidatos inscritos para fazer a prova. Em 2019, segundo o levantamento feito pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), ao todo, o Enem contou com a participação 6.384.957 estudantes inscritos no exame.

No entanto, de acordo com o balanço feito pelo Inep, 20,2% dos candidatos não pagaram a taxa de inscrição e tiveram a sua participação no Enem cancelada. 

Para poder participar do Enem, além da inscrição, é necessário que o estudante realize o pagamento da taxa de inscrição, que atualmente é de R$ 85,00 e pode ser paga em Agências Bancárias, Casas Lotéricas e Agências dos Correios.

Todavia, muitos candidatos que desejam participar do exame não possuem condições de arcar com este valor. Em vista disso, o Enem oferece ao aluno a possibilidade de pedir a “isenção de taxa”, o que corresponde a liberação do pagamento dos R$ 85,00. Entretanto, para usufruir deste benefício, o candidato deve se atentar as normas e prazos referente a isenção de taxa.

A fim de facilitar a vida dos alunos que desejam realizar o Enem, separamos aqui neste conteúdo, o passo a passo para solicitar a liberação do pagamento da taxa de inscrição. E aí, ficou interessada (o)? Siga adiante e veja como é fácil. 

Passo a passo do pedido de isenção de taxa do Enem 2020

  • Acesse ao portal do Gov.br e realize o seu cadastro. Segundo o Inep, a partir deste ano, para participar  do Enem, Fies e ProUni, será necessário que o estudante tenha registro nesse sistema. 
  • No seu navegador padrão, acesse a página do participante do Enem. Ao entrar na página, escolha a opção “Isenção”, conforme imagem abaixo.
  • Em seguida, você deverá informar o CPF e a data de nascimento. Neste momento, o programa irá detectar se o estudante já esteve inscrito no Enem, e, caso seja um dos ausentes que teve isenção em 2019, é necessário justificar a causa da ausência. Por meio do edital do Enem é possível conferir os tipos de documentos aceitos.

  • Nesta etapa, o estudante terá de ler as informações da tela sobre quem pode edir isenção e sobre o dever do participante de acompanhar a publicação dos resultados.  Feito isso, basta clicar em “Li e concordo” para seguir adiante.

  • Ao concordar, o aluno será direcionado para outra aba que mostrará os dados pessoais registrados na Receita Federal. Se houver alguma divergência, o participante pode continuar com a solicitação e corrigir o cadastro depois. Em caso de dúvidas, ligar para a Central de Atendimento do Inep (0800 616161).

  • Adiante, o sistema irá solicitar ao aluno o CEP e que o endereço pessoal seja completado. Na sequência, serão pedidas informações sobre o ensino médio do participante: se ainda está cursando, se está no último ano ou se já concluiu essa etapa do ensino.

  • Nesta tela, o candidato terá algumas alternativas para saber qual tipo de escola ele frequenta ou frequentou. Na etapa seguinte, a pergunta será sobre o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Após informar qual tipo de ensino médio (regular, educação especial ou educação de jovens e adultos) o solicitante faz ou fez, ele deverá indicar se tem ou não cadastrado, o Número de Identificação Social (NIS) no CadÚnico. A próxima etapa é confirmar a solicitação e responder ao Questionário Socioeconômico. São 25 perguntas que devem ser respondidas para chegar ao final do processo. Prontinho, o seu pedido de isenção foi feito. Bons estudos e até a próxima.